Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Equipa de Turismo Países Baixos e Bélgica

Turismo de Portugal

27.10.2023

​​​​​​​​​​A equipa ajuda as empresas a participar em feiras do trade, em eventos, workshops e outras ações, bem como  a encontrar canais de distribuição, conhecer o mercado e o turista e atua na promoção de Portugal enquanto destino turístico e na abordagem constante das instituições europeias, para salvaguarda dos interesses portugueses no domínio do turismo.​

Estabelece a ponte entre os mercados e os seus principais players e o trade português, através de workshops, visitas educacionais e de imprensa a Portugal e visitas regulares no mercado. Para além da feira nacional do turismo dos Países Baixos, Vakantiebeurs, existe um número significativo de feiras regionais, com algum interesse, contudo têm sido concentrados esforços nas feiras Fiets en Wandelbeurs(Gent e Utreque), KLM Open(Países Baixos),50+(Países Baixos) para a promoção de Portugal enquanto destino de turismo ativo, golfe e 50+(longstays).

A delegação dispõe de calendário feiras e férias escolares bem como de listas de agências de incentivos e listas de operadores com programas para Portugal. As listas dos operadores estão divididas por região, produto e por nome de operador. 

​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​// O mercado​

_ Países Baixos

O Reino dos Países Baixos é composto de quatro países: os Países Baixos, Aruba, Curaçau e São Martinho. Os Países Baixos têm uma população de 17 milhões de habitantes e a 16ª maior economia do mundo. Em termos do PIB per capita, os Países Baixos classificam-se entre os primeiros 10 do mundo.

Os Países Baixos têm uma economia aberta que depende muito do comércio e dos investimentos externos. Em termos turísticos, o mercado profissional neerlandês é um mercado importante para o destino Portugal.  Em relação ao número de hóspedes, dormidas e receitas este mercado encontra-se no TOP 10,  sendo o 5.º mercado número de dormidas e 6.º  em hóspedes e receitas.

Diversos estudos  demonstram que há uma mudança no comportamento dos neerlandeses no que respeita ao tipo de férias que praticam: menos dias de férias num único destino, mais férias repartidas, atividades com amigos e familiares. Tanto as férias curtas como as longas incluem atividades em família (avós com netos, tios com sobrinhos, etc.).  Procuram experiências: viver, sentir, cheirar, provar e “mergulhar na cultura do país”. 

O número de férias dos neerlandeses tem aumentado, situando-se em 36,7 milhões de viagens, das quais 19,1 milhões no estrangeiro. O número de férias curtas para o estrangeiro teve um aumento significativo (+ 700 000) e férias longas, (+ 500 000).

_ Bélgica 

A Bélgica é um pequeno mercado europeu, constituindo, atualmente, o 10.° mercado emissor para Portugal. 
País profundamente dividido por razões históricas, as línguas são na Bélgica importante fator de diferenciação, tendo o país 3 idiomas oficiais: neerlandês, francês e alemão. Cerca de 59% da população fala neerlandês, na Flandres e na região de Bruxelas-Capital. O francês é falado por cerca de 40% da população, na Valónia e na região de Bruxelas-Capital. O alemão é falado, por apenas 1% da população, na zona de fronteira com a Alemanha. 
País com elevado poder de compra e situação central na Europa, as viagens correspondem a uma necessidade básica da população, com cerca de 25 milhões de viagens anuais ao estrangeiro.

// O perfil do turista

_ Países Baixos

As férias para os holandeses são uma necessidade básica, da qual não prescindem, optando caso necessário por cortar noutro tipo de despesas, como sejam a aquisição de um automóvel ou de um computador, obras de remodelação em casa, refeições fora de casa, entre outras.

Fatores importantes que influenciam a escolha do destino:
_ clima
_ boa relação qualidade-preço
_ oferta com diversidade de atividades ao ar livre para as diversas faixas etárias
_ oferta cultural e de natureza

As principais regiões geradoras de turistas para o estrangeiro e para Portugal são oriundas da Randstad (províncias de Zuid e Noord Holland + Utrecht) , onde se situam as 4 maiores cidades da Holanda: Amesterdão, Utreque, Haia e Roterdão.

_ Bélgica

Os belgas viajam muito, quer seja em férias quer em negócios. 
A Europa é o principal destino das férias dos belgas, com especial destaque para França, Espanha, Países Baixos, Alemanha e Itália. Estes procuram essencialmente o bom tempo, uma boa relação qualidade-preço e destinos com variedade de escolhas em termos de visitas culturais e atividades ao ar livre.

// Oportunidades de negócio / tendências

_ Países Baixos

Em termos de sazonalidade, os holandeses fazem férias em Portugal, sobretudo dentro dos períodos de férias escolares do mercado, embora registem também um nível interessante do nº de dormidas registadas em Portugal, fora destes, resultante da crescente oferta turística de Portugal com especial destaque para os segmentos de turismo ativo e de natureza.

As datas das férias escolares nos Países Baixos são alternados por 3 regiões: Norte, Centro e Sul, a fim de evitar que o país inteiro esteja de férias no mesmo período. Deve-se ter em linha de conta estas datas no planeamento de visitas ao mercado ou envio de cotações especiais aos operadores, a fim de os incentivar a “criarem” ofertas especiais para Portugal por ocasião de (por exemplo) férias de Outono(1 semana),, férias Primavera(1 semana), ou férias de maio (2 semanas), etc. Essas cotações devem ser enviadas com 8 a 10 semanas antes das respectivas férias.  Nos Países Baixos não existem férias da Páscoa.

A ter em conta:
De uma forma geral, os programas para o Verão seguinte são lançados entre o início de dezembro e o final de janeiro, mas os operadores turísticos, quer generalistas quer especialistas, publicam a oferta online cada  vez mais cedo. Algumas publicações têm ligar no início de setembro mas a maioria apresenta-se entre setembro e início de dezembro. É cada vez mais frequente os operadores turísticos apresentarem as suas programações através da internet. A partir de julho/agosto já é possível reservar uma parte da programação para o Inverno seguinte. E a partir de novembro/dezembro os turistas holandeses começam a pesquisar a oferta para o Verão seguinte.

As negociações para a programação do Verão seguinte são realizadas entre maio e agosto do ano anterior. Os operadores costumam visitar os destinos e a oferta (alojamento) antes de assinarem os contratos. Estas visitas têm lugar entre junho e setembro.

_ Bélgica

O mercado belga continua a preferir um período de férias longo, no Verão, e vários períodos curtos, frequentemente, em visitas a cidades (City-Breaks). 
Cresce o número de viagens curtas apenas para se estar junto com familiares e amigos, de preferência desenvolvendo actividades de lazer ao ar livre (passeios a pé e de bicicleta, eventos desportivos e culturais).

// Como abordar o mercado

_ Países Baixos

Nos Países Baixos, as reuniões são previamente marcadas, de preferência por e-mail e com confirmação telefónica. O costume local exige que se apresente ao telefone: o seu nome (sem titulo académico) e o da sua empresa. Antes da reunião, convém enviar o manual de vendas ao potencial parceiro
Os neerlandeses chegam sempre com antecedência para qualquer reunião (+/-10 minutos). Os almoços são leves e rápidos. Max. 30 minutos. Não consomem álcool ao almoço. O seu contacto sabe que pretende fazer um negócio, por isso espera de si uma abordagem clara e direta ao assunto. Para demonstrar a sua intenção de negócio, um follow up profissional é muito importante e apreciado. 
Se ficou de dar alguma resposta ou de enviar alguma informação, mande um email, assim que chegar,  a informar que está a tratar do assunto
As palavras “mágicas” para os holandeses: “desconto” e “grátis”. O profissionalismo, resposta rápida, pontualidade e flexibilidade são essenciais.

_ Bélgica

As línguas constituem um elemento essencial a ter em conta na abordagem do mercado, sendo os belgas muito sensíveis a esta questão. 
São, no entanto, um povo latino com facilidade de interação com os portugueses. Almoços e jantares de negócios são correntes. Profissionalismo, resposta atempada, pontualidade e flexibilidade são essenciais.​​

// Localização

Países Baixos / Holanda – Haia
Portugees Verkeersbureau
Zeestraat 74
2518 AD Den Haag – Nederland
Tel.: 0031703281239
Coordenadas: 52°05'09.2"N 4°18'06.9"E​
Endereço geral: Info.Netherlands@turismodeportugal.pt​​

​// Equipa de turismo

Susana Cardoso - Coordenadora
susana.cardoso@turismodeportugal.pt
Tel.: 0031703111004

Florbela Baltazar - Gestora de Produto
florbela.baltazar@turismodeportugal.pt
Tel.: 0031703111002

​​Dos escritórios dos Países Baixos:

BÉLGICA – Bruxelas
Turismo de Portugal
Avenue de Cortenbergh 12 Kortenberglaan
B - 1040 Bruxelles/Brussel – Bélgique/België
Tel: 003222864339
Coordenadas: 50° 50' 34.90" N | 4° 23' 7.52" E​
info.belgium@turismodeportugal.pt​

João Rodeia - Gestor de produto
joao.rodeia@turismodeportugal.pt
Tel.: 003222864339
Belgium | The Netherlands

Inês Delgado Alves - Assuntos europeus
ines.delgado@turismodeportugal.pt
Tel.: 003222864337

Luís Campos - Assuntos europeus
luis.campos@turismodeportugal.pt
Tel.: 0032479650458
Tel.: 00351916804059

  • Equipas de Turismo no Estrangeiro
  • Bélgica
  • Turismo de Portugal
  • Internacionalização
  • Promoção turística
  • Países Baixos
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image