Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Boas práticas de acessibilidade - animação turística [NOVO]

Turismo acessível

​​​​​​Com o crescimento anual do segmento do turismo acessível, verifica-se uma necessidade cada vez maior de desenvolver experiências turísticas acessíveis.​


 


A criação de melhores condições para todos nas atividades de animação turística é uma vantagem competitiva e resultará certamente numa maior rentabilização dos recursos existentes e no incremento da procura turística, tanto nacional como internacional. 

Adaptar as instalações e as atividades de animação turística, bem como a aquisição e adaptação de alguns equipamentos específicos são os passos complementares que darão às empresas de animação turística novas oportunidades de negócio.

Com o objetivo de capacitar os gestores e os colaboradores das empresas de animação turística e de outras entidades que desenvolvem atividades culturais para um atendimento cada vez mais inclusivo, está disponível uma nova ferramenta técnica - "Acessibilidade na Animação Turística: Guia prático" -, elaborada pela Accessible Portugal, com o apoio financeiro do Turismo de Portugal. Este Guia disponibiliza informações técnicas e recomendações atualizadas sobre o atendimento inclusivo, com base na legislação em vigor, o Decreto-Lei n.º 163/2006, de 8 de agosto,​ mas que também reflete o novo quadro legislativo nacional relacionado com a temática da acessibilidade e inclusão, bem como a nova ISO 21902 - Turismo Acessível, publicada em 13 de julho de 2021. Este novo Guia encontra-se disponível em Documentos.


Tenha presente algumas dicas que são de fácil implementação:

Dicas para tornar o seu Serviço Turístico (+) acessível:

_Comunicar sempre com o participante e não com a pessoa que o acompanha
_Adaptar o meio físico de modo a torná-lo acessível, assegurando o acesso ao parque de estacionamento ou garantindo o transporte adaptado
_Respeitar o ritmo de expressão individual
_Obrigação de aceitar a presença de um cão de assistência
_Facultar antecipadamente informação sobre a atividade
_Disponibilidade de um veículo de apoio, bem como um plano de resgate para casos de acidentes, emergências ou outros problemas
_Os animadores e técnicos devem contar com um sistema de comunicação.

No Guia de Boas Práticas de Acessibilidade – Turismo Ativo, editado em 2014, que constitui mais uma ferramenta de apoio às empresas de animação turística, encontra conteúdos que abordam os requisitos necessários para cada uma das 11 atividades selecionadas de Turismo Ativo, incluindo cuidados a ter por tipo de deficiência, produtos de apoio e recomendações, apresentados de forma compreensível.


  • Turismo acessível
  • All for All
  • Animação turística
  • Acessibilidade
  • Boas práticas
  • FPDD
  • Turismo de Portugal
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image