Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Concurso Revive do Mosteiro de Santo André de Rendufe (Amares) - candidaturas até 11 dez 2020

Avisos de concursos

11.12.2020

​​​​​​​​​​​​​​​​
Foi publicada, em Diário da República, a abertura do novo concurso público relativo ao Mosteiro de Santo André de Rendufe, em Amares, para instalação de uma unidade hoteleira, estabelecimento de alojamento local, na modalidade de estabelecimento de hospedagem, ou outro projeto de vocação turística..

Um dos principais centros beneditinos portugueses entre os séculos XII e XIV, o Mosteiro de Santo André de Rendufe começou a ser construído em data anterior a 1090, ao tempo do Conde D. Henrique. O Mosteiro fica isolado entre vinhas, com acesso através de um imponente terreiro enquadrado com a fachada barroca da Igreja e o conjunto monástico a sul, onde se situava a biblioteca edificada em 1716, o dormitório que remonta a 1728 e o claustro do qual subsistem as ruínas do primeiro nível com arcadas e capitéis toscanos.

O conjunto monástico encontra-se atualmente em ruínas, mantendo, contudo, a silhueta arquitetónica e o marcante aqueduto. A cobertura do dormitório foi recentemente reabilitada.

A área a afetar a uso turístico é a totalidade do imóvel, com exceção da igreja.

_ Duração da concessão: 50 (cinquenta) anos
_ Renda mínima anual: € 60,00
_ Área bruta de construção total: cerca de 5.565 m2 
_ Nº estimado de quartos: cerca de 50


Prazo limite para apresentação de propostas: 11 dezembro 2020​.

  • Concurso
  • REVIVE
  • Reabilitação urbana
  • Utilização turística
  • Património
  • Turismo de Portugal
  • Centro
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image