Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Notícias sobre o Brexit

Brexit

10.07.2019

​​​​
Theresa May anunciou o primeiro acordo no setor de turismo. Como um dos países mais visitados do mundo, é preciso garantir que o Reino Unido continuará a inovar, a aumentar a sua conectividade e a sua produtividade económica. 
Plano de acordo Theresa May: 
- Novo Tourism Data Hub – atualização de dados sobre as preferências dos visitantes; 
- Criação de 30.000 estágios por ano até 2025; 
- Orientação a 10.000 funcionários do setor turistico; 
- Construção de 130 mil quartos de hotel, 75% fora de Londres; 
- Cinco novas “zonas de turismo” - apoio intersetorial a regiões que desejam aumentar o número de visitantes; 
- Maior suporte para eventos de negócios e conferências; 
- Melhorar a infraestrutura interna – destino cada vez mais acessível para turistas com capacidades limitadas. 
A British Tourism Authority - que abrange o VisitBritain e o VisitEngland - comemora o 50º aniversário este ano e irá gerir a implementação do acordo.

Guia para fácil entendimento do Brexit – passando pela informação básica, à informação sobre as negociações, seguida por uma seleção de respostas a perguntas.

Notícias e comunicados do Governo do Reino Unido a propósito do Brexit.

A Travel Trade Gazette (TTG), uma revista semanal do Reino Unido e Irlanda com atividade desde 1953, publica um artigo que analisa os possíveis impactes do Brexit nas viagens e no turismo.
O Reino Unido (UK), que deixa oficialmente a União Europeia (UE), no dia 29 de março de 2019, procura obter um acordo de saída com a UE que prevê um período de transição até 31 de dezembro de 2020.
_ Uma das questões-chave do Brexit é a livre circulação de pessoas.
Antecipa-se que, durante o período de transição, os cidadãos da UE e UK, possam continuar a viver, trabalhar ou estudar, beneficiando integralmente da não discriminação por motivos de nacionalidade e do direito à igualdade de tratamento em relação aos nacionais do estado de acolhimento, sendo as qualificações profissionais reconhecidas. Após o período de transição, os cidadãos da UE que permaneçam no Reino Unido devem candidatar-se a um visto de residência no UK. 
Questão-chave: Esta iniciativa poderá desencadear um fenómeno de reciprocidade nos países da UE em que os cidadãos britânicos residam.
_ Não existem garantias sobre o reconhecimento de qualificações profissionais após o período de transição e o UK tenciona dar prioridade a trabalhadores altamente qualificados.
Questão-chave: O potencial de restrição aos cidadãos da UE que trabalham no setor de turismo no UK é, assim, elevado e se a UE responder de igual forma, a possibilidade de os cidadãos do UK trabalharem na UE também será restringida.
_ Não se aborda a questão dos vistos, nem a possibilidade de viajar sem visto após o período de transição.
_ Como parte da futura parceria económica no pós-Brexit, o UK e a UE procuram definir um acordo abrangente sobre o transporte aéreo, cobrindo o acesso aos mercados e investimento, segurança da aviação, gestão do tráfego aéreo e disposições para garantir a abertura e concorrência leal, entre outras.​​

  • Brexit
  • Notícia
  • Nota de imprensa
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image