Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Parques de Sintra acolhem Melhor

Turismo acessível

​​​​​​​​Com o projeto “Parques de Sintra acolhem Melhor”, foi possível melhorar as condições de acessibilidade nos monumentos e palácios integrados na classificação Património Mundial, traduzindo-se num exemplo incontornável de boas práticas de turismo acessível em património. O retorno positivo dos turistas é, também, um sinal muito importante de reconhecimento do bom trabalho efetuado:

“Thank you so very much for the fantastic super speedy tours of Sintra's rich heritage. Needless to say that I was extremely impressed by the level of professionalism and eagerness to keep on improving accessibility for all, by equipment like the chairs and of course the Swiss-Tracs and by the sensory tours for visually impaired people.” Aicha Nystrom, de nacionalidade belga (12-09-2016)

O projeto “Parques de Sintra Acolhem Melhor” desenvolvido pela Parques de Sintra – Monte da Lua, incide sobre a acessibilidade física, a acessibilidade à informação e a disponibilização de serviços inclusivos. Cofinanciado pelo Turismo de Portugal, conta ainda com a consultoria de várias associações ligadas à defesa dos direitos das pessoas com deficiência. Dada a dificuldade de levar a cabo profundas alterações físicas, por motivos de salvaguarda do Património, a Parques de Sintra adquiriu equipamentos, nomeadamente cadeiras de rodas, veículos de tração para puxar cadeiras de rodas (vencendo inclinações até 20%), plataformas elevatórias e rampas amovíveis, autocarros híbridos e carrinhos elétricos adaptados a pessoas com mobilidade condicionada, entre outros.​

Foram também realizadas intervenções ao nível físico, como por exemplo: remodelação de lojas, cafetarias e WCs, recuperação de caminhos, substituição de corrimãos e criação de pontos de descanso.
No que diz respeito à acessibilidade à informação foram criadas maquetes táteis dos monumentos e réplicas de elementos essenciais do seu interior.

Foram criadas novas estruturas de sinalética que incluem distâncias, bilingues, e que procuram manter um nível de contraste adequado.

No que respeita aos serviços, os colaboradores da Parques de Sintra que contactam com o público tiveram formações sobre boas práticas e aulas de Língua Gestual Portuguesa. São ainda organizadas visitas sensoriais no Parque de Monserrate e no Palácio Nacional de Sintra, bem como visitas com intérprete de Língua Gestual.

O projeto conta ainda com a aplicação multimédia Talking Heritage, à qual foi adicionado texto simples, áudio-descrição e língua, disponível a todos os visitantes através de smartphone. O website inclui a descrição das condições de acessibilidade aos locais e foi desenvolvido para ser acessível a cidadãos com deficiência, com o nível AAA do WCAG 1.0 e atualmente com algumas melhorias ao nível 2.0.​​
  • Turismo cultural
  • Turismo acessível
  • Património
  • Monumentos
  • Rotas
  • Sintra
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image
  • social network icon image